Área ardida em Pedrógão Grande é já três vezes a dimensão do concelho de Lisboa

Área ardida calculada em mais de 26 mil hectares

A área consumida pelo incêndio florestal em Pedrógão Grande, em Leiria, calculada em mais de 26.000 hectares, já representa três vezes a dimensão de Lisboa (8.500 hectares) e seis vezes a do Porto (4.200 hectares).

Segundo o Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais (EFFIS), do Centro de Investigação Comum da Comissão Europeia, que apresenta as áreas ardidas cartografadas em imagens de satélite (com uma resolução espacial de 250 metros), o incêndio que começou na localidade em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, e alastrou depois aos concelhos vizinhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, tinha até hoje 25.969 hectares de área ardida.

Fazendo uma comparação com algumas capitais europeias, a área ardida equivale a cerca de metade da área da cidade de Madrid (604.000 hectares) e a mais do dobro da área da capital francesa, Paris (105.000 hectares).

Relativamente a Londres, a área ardida desde sábado na região Centro de Portugal representa cerca de um sexto (ou 16%) da dimensão da capital de Inglaterra (157.200 hectares).

Já numa comparação com a capital da Alemanha, a área ardida equivale a um terço da cidade de Berlim (que tem 89.200 hectares).

O fogo, que deflagrou às 13:43 de sábado, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, alastrou depois aos concelhos vizinhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, e entrou também no distrito de Castelo Branco, pelo concelho da Sertã.

O último balanço oficial dá conta de 64 mortos e 135 feridos. Há ainda dezenas de deslocados, estando por calcular o número de casas e viaturas destruídas.

Além de Pedrógão Grande, existem quatro grandes fogos a lavrar nos distritos de Leiria, Coimbra e Castelo Branco.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

Pub
Pub