Morreu o homem que inventou a pizza com ananás

Sam Panopoulos, grego emigrado no Canadá e dono de vários restaurantes, teve a ideia de acrescentar ananás a uma pizza na década de 60 do século passado

Sam Panopoulos, o homem que, pela primeira vez, se lembrou de colocar ananás numa pizza, morreu na passada quinta-feira aos 83 anos, vítima de doença súbita no hospital.

Panopoulos, que emigrara da Grécia para o Canadá em 1954, quando tinha 20 anos, era proprietário, juntamente com os irmãos, de vários restaurantes em Ontário.

Foi num desses restaurantes que, em 1962, se inspirou e decidiu colocar ananás enlatado numa pizza. "Pusemo-lo só por graça, para vermos como ia saber", contou à BBC. "Na altura, éramos novos no negócio e estávamos a fazer muitas experiências".

Os clientes acabaram por se render ao prato, que entretanto se tornou um êxito a nível mundial, ainda que não deixe de dividir os amantes da pizza: no início deste ano, o presidente da Islândia, Guoni Johannesson, fez estalar a polémica nas redes sociais depois de dizer a um grupo de alunos de uma escola que era "fundamentalmente" contra o ananás na pizza e que a iguaria devia ser proibida.

Na altura, Panopoulos chegou a responder ao islandês, mostrando-se perplexo com as declarações, já que considerava que o ananás dava à pizza um toque "refrescante".

Citado pela BBC, o obituário do grego descreve-o como uma "personalidade inesquecível", referindo que o sentido de humor e a honestidade de Panopoulos serão recordados com saudade pela família, amigos, antigos funcionários e clientes.

Ler mais

Exclusivos