GNR mandou parar motociclista e foi atropelado

Condutor da moto foi detido. Militar queixava-se de dores numa perna

Um militar da GNR foi hoje atropelado na Charneca da Caparica, Almada, por um motociclo, cujo condutor tentou fugir a uma ordem de paragem durante uma operação de fiscalização de trânsito, disse fonte da corporação à Lusa.

Segundo o oficial de operações no Comando-Geral da GNR, o condutor do motociclo foi detido, logo após ter atropelado o militar da Guarda Nacional Republicana e tentado fugir.

O militar da GNR, que pertence ao posto da Trafaria, foi transportado para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, com dores numa perna, permanecendo ainda na unidade hospitalar em observação, adiantou a fonte.

Durante uma operação de fiscalização rodoviária, o motociclista foi mandado parar pela patrulha da GNR, mas tentou fugir à ordem e atropelou um dos militares, precisou, avançando que o atropelamento ocorreu por volta das 12:20.

Exclusivos