"Matador" morre em tourada

Corrida de touros em Teruel, na província espanhola de Aragão, acabou com a vida de toureiro de 29 anos

O "matador" espanhol Víctor Barrio, de 29 anos, morreu este sábado à tarde durante uma tourada realizada em Teruel, em Aragão, após ter sido colhido pelo animal que ele próprio tentava matar.

A imprensa espanhola relata que o incidente ocorreu após o vento ter destapado o animal, que empurrou o homem para o chão e lhe deu uma cornada.

O corno do touro atingiu as costas do toureiro e, segundo os media locais, tê-lo-á perfurado até ao peito. O homem, que era toureiro profissional há cerca de quatro anos, foi de imediato retirado da arena e assistido, mas acabou por morrer na enfermaria da praça de touros.

O momento foi captado por um canal de televisão espanhol e as imagens circulam já na Internet. Podem ferir as suscetibilidades dos leitores mais sensíveis.

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.