Jane Fonda. Feliz aos 78 anos e a querer espalhar a mensagem

O DN almoçou com Jane Fonda ontem depois da sua apresentação na conferência A Idade é uma Escolha. A atriz falou da sua experiência e ficou fã dos vinhos do Douro

Figuras públicas como Paula Bobone, Sílvia Rizzo, a princesa Masha Magaloff e Lili Caneças estiveram ontem de manhã cedo numa sala de conferências do Hotel Pestana Palace, em Lisboa. O motivo era só um: ver ao vivo Jane Fonda, que aos 78 anos foi a estrela da conferência A Idade é uma Escolha, um debate sobre a importância do envelhecimento ativo e da autoestima nos seniores. Mas bem que puderam esperar: só no último quarto de hora da conferência moderada pela estrela televisiva Daniel Oliveira é que Fonda surgiu, depois de uma entrada que tentou ser discreta mas que não evitou um aplauso de pé de cerca de uma centena de convidados da patrocinadora, a L"Oréal Paris.

Antes da embaixadora da marca falar, Simone de Oliveira, Maria Elisa Domingues, o especialista em medicina antienvelhecimento Manuel Pinto Coelho e Margarida Condado, diretora de marketing da empresa trocaram opiniões sobre "o terceiro ato da vida". Simone foi quem arrancou mais gargalhadas da plateia: "porque raio envelhecemos se o nosso corpo está sempre em processo de restabelecimento", perguntou quando ouviu as palavras de Pinto Coelho. Também a jornalista Maria Elisa debateu com o médico alguns dos seus conselhos para um envelhecimento ativo: "não concordo com o modo de dizer que uma alimentação anti-inflamatória é capaz de nos tirar as rugas."

Precisamente na altura em que o moral da conferência se guindava para a questão do sexo na última etapa da vida e se começava a ouvir o termo "sexygenárias", aparece um vídeo de Jane Fonda a relatar o orgulho na sua idade.

Depois, finalmente Jane. Chega de bengala e diz estar feliz por estar pela primeira vez em Portugal: "vim com esta bengala porque no outro dia a caminhar na montanha, em Los Angeles, tive uma queda quando vi um rapaz atraente que passava por mim a correr. A boa notícia é que ainda vou fazer caminhadas e que ainda reparo nos homens", começa por dizer. Nos 17 minutos que se seguiram a palavra ficou entregue apenas a ela. Não interagiu com os colegas do palanque nem ouviu perguntas do público. Com um papel de tópicos na mão, foi exímia a contar a sua experiência de mulher ativa no tal "terceiro ato" da vida. Não falou de cinema nem de política, apenas de conselhos para as mulheres de uma certa idade poderem cuidar de si.

Garantiu estar feliz com a sua idade e que tudo parte de uma base psicológica, dando o exemplo de pertencer a uma família com tendência para a depressão.

Da plateia ouvem-se yeahs entusiasmados. Jane Fonda tem o dom dos maiores entertainers, mesmo quando tem de falar da marca e da sua satisfação de ser embaixadora. "Nunca pensei com esta idade ser um modelo de beleza", disse.

Mais tarde, num almoço, onde este jornalista e o médico Pinto Coelho são os únicos homens, conta-nos que ficou extasiada com o vinho português, especialmente o do Douro. Nem de propósito o almoço é servido por vinhos dos Douro Boys e a produtora de vinhos Francisca Vanzeller faz-lhe o tour dos seus produtos. A atriz ouve tudo atentamente e até pergunta se depois do tinto o protocolo deixa-a voltar ao branco.

Maria Elisa, sua grande fã, pede-lhe para autografar o seu livro, My Life So Far. A jornalista confessa-nos que é fã. Antes da sobremesa pergunta à atriz sobre o Women Media Center, um centro de observação para o modo como a imprensa americana se comporta perante as mulheres. Fonda, a criadora deste projeto, não se coíbe de contar tudo.

Jane mete também conversa com Simone, pergunta-lhe se prefere ser cantora ou atriz. Têm as duas a mesma idade. "Achei-a um pouco frágil - vê-se pelas mãos. Eu estou muito menos fragilizada", diz--nos. Antes da sobremesa e do fim do almoço, a atriz ainda teve tempo para falar de política: "Gosto do Bernie Sanders, mas nunca poderá ganhar. Ele está a ser benéfico para a Hilary na medida em que a obriga a fazer uma melhor campanha."

Ler mais

Exclusivos