Inglês encontrado morto em Alcoutim. Jovem português confessou o crime

O jovem foi detido a conduzir o carro da vítima, em Faro. Interrogado pela PSP, confessou ter matado o dono do automóvel

Um homem britânico de 59 anos foi encontrado morto na sua casa em Alcoutim, no Algarve, esta madrugada de terça-feira. Um jovem português de 20 anos encontra-se detido por suspeita de homicídio. Os dois manteriam um relacionamento.

O jovem de 20 anos foi parado pela PSP de Faro por volta da meia-noite e dez, e foi detido por estar a conduzir sem carta de condução. Ao constatar-se que a viatura não era dele, foi pedido à GNR de Alcoutim que visitasse a residência do proprietário do automóvel, mas este não atendia.

Fonte oficial da PSP de Faro disse ao DN que quando o jovem foi interrogado, este afirmou que o dono do automóvel deveria estar em casa, "porque tinham tido uma discussão e ele o tinha matado". O homem terá sido esfaqueado.

O caso está agora a ser investigado pela Polícia Judiciária, que confirmou ao DN que existe a suspeita homicídio.

O presidente da Junta da União de Freguesias de Alcoutim e Pereiro, João Carlos Simões, disse à Lusa que a comunidade está "completamente surpresa" com o episódio, porque se trata de uma "zona pacata".

Segundo o autarca, o inglês residia no Cerro da Vinha "há largos anos". Outra fonte disse à Lusa que o companheiro costumava viver com a vítima, mas que ultimamente estaria a passar mais tempo em Ayamonte, no sul de Espanha.

Com Lusa

Ler mais

Exclusivos