Momento raro. Girafas brancas avistadas no Quénia

Vídeo raro mostra girafas brancas num parque natural

Foram encontradas girafas brancas na reserva natural Ishaqbini Hirola Conservancy, no Quénia. É raro encontrar animais assim e o momento foi filmado pelos voluntários que trabalham com a organização não-governamental que gere a reserva natural, a Hirola Conservation Programme.

Num comunicado, a Hirola Conservation Programme contou que várias pessoas já tinham dito há alguns meses ter visto as girafas brancas, mas os membros da ONG apenas as conseguiram avistar em agosto.

As girafas, mãe e cria, sofrem de leucismo. Ao contrário do albinismo, os animais que sofrem de leucismo apresentam falta de pigmentação só em algumas partes do corpo mas continuam a produzir pigmentos escuros, como à volta dos olhos no caso destas girafas.

"Elas estavam muito perto e muito calmas e não pareciam nada incomodadas com a nossa presença", escreveu a ONG no seu site. "A mãe andava de um lado para o outro a poucos metros de nós enquanto dava sinal à girafa bebé para se esconder por trás dos arbustos - uma característica da maioria das mães em animais selvagens para proteger os mais novos".

A ONG refere que esta é a terceira vez que é avistada uma girafa branca. A primeira vez foi no Parque Nacional da Tanzânia, em janeiro de 2016, e a segunda, em março de 2016, foi também no Ishaqbini Hirola Conservancy, no condado de Garissa, no Quénia.

A reserva Ishaqbini Hirola Conservancy foi criada para proteger os antílopes hirola, naturais do Quénia e da Somália, e que estão em vias de extinção.

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Sociedade
Pub
Pub