PJ prende vizinho de idosa morta com quem mantinha uma relação

A mulher de 91 anos terá morrido asfixiada em outubro. Antigo vizinho da idosa foi detido esta semana

A Polícia Judiciária de Aveiro deteve esta quarta-feira o antigo vizinho de uma mulher encontrada morta em outubro. A PJ acredita que a mulher de 91 anos terá morrido de asfixia após jogos sexuais, e o vizinho é suspeito de ter cometido o crime, de acordo com o Jornal de Notícias desta sexta-feira.

A idosa foi encontrada despida na cama e teria hematomas na cama. Haveria também sangue nos lençóis, de acordo com o Jornal de Notícias.

A autópsia permitiu concluir que a mulher morreu asfixiada, e fonte da Polícia Judiciária contou ao jornal que a asfixia pode ter sido causada por "jogos sexuais que ficaram descontrolados".

A detenção do antigo vizinho, eletricista de 49 anos, foi possível após confirmação por teste de ADN de que o sémen recolhido na cama da vítima era dele. Os moradores do bairro contaram ao Jornal de Notícias que o eletricista se deslocava frequentemente a casa da idosa, que vivia sozinha.

Exclusivos