Hoje é um dos dias mundiais do gato, as estrelas da internet

O mundo (e a internet) assinala o dia internacional dos felinos

O dia do gato pode ser todos os dias, pelo menos para quem tem um e cuida dele diariamente, mas hoje é o dia de dar um mimo extra a este animal de estimação. O dia internacional dos felinos celebra-se a 8 de agosto, uma data criada em 2002 pela International Fund for Animal Welfare, mas estes animais são tão populares que não têm apenas um dia dedicado a eles.

Dia 17 de fevereiro também é o dia mundial do gato e a data foi escolhida por uma organização italiana de defesa de animais com o objetivo de os proteger de perseguições e a fim de promover a sua adoção.

Animais de companhia milenares - os gatos eram considerados sagrados no Egito da Antiguidade - estes animais ganharam no mundo da internet das redes sociais um novo estatuto: de estrelas de vídeos que se tornam virais. Por isso, como hoje é o dia deles, aaqui ficam alguns vídeos bem carismáticos destes felinos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.