Fotógrafo amador capta momento em que raio atinge chaminé de prédio

Veja as imagens captadas por Paulo Tork

Um fotógrafo amador captou o momento em que um raio atingiu uma chaminé de um prédio, na Rebelva, São Domingos de Rana. Paulo Torck tirou várias fotografias na segunda-feira, por volta das 14:00 horas, quando a região da Grande Lisboa registou episódios de trovoada, chuva intensa e queda de granizo.

O fotógrafo estava em casa quando viu o céu a escurecer e nuvens a formarem-se, tendo aproveitado para montar a máquina fotográfica à janela, captando o momento em que um raio atinge a chaminé de uma casa.

Paulo disse ao DN que não é um caçador de tempestades mas que pratica este estilo de fotografia sempre que tem oportunidade: "É uma coisa interessante, é um hobby, gosto de ver os raios e tentar captar o momento, todo o fotógrafo realiza esse estilo de fotografia mas tem de o saber fazer."

De acordo com Paulo Torck, para captar raios e relâmpagos é necessário alguma técnica, recorrendo a técnicas de longa exposição e composição.

Trabalho coordenado por Ricardo Simões Ferreira

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".