Facebook e Microsoft ligam os dois lados do Altlântico com cabo submarino de alta velocidade

A construção do Marea está prevista já para agosto deste ano e espera-se que esteja operacional a partir de outubro de 2017

O Facebook e a Microsoft vão construir conjuntamente um cabo submarino transatlântico para transferência de dados em alta velocidade que vai ligar o estado norte-americano da Virginia a Espanha. O Marea, como será batizado, será o cabo submarino de banda larga com maior capacidade até ao momento.

As duas gigantes tecnológicas procuram assim dar resposta à crescente procura por internet de alta velocidade e armazenamento de dados "na nuvem". De acordo com um comunicado divulgado esta quinta-feira pelas duas empresas, à partida, o cabo terá uma capacidade de transferência de 160 terabytes de dados por segundo.

A Microsoft tem vindo a oferecer cada vez mais produtos que funcionam "na nuvem", como é o caso do Office 365, do Skype, do Xbox Live e dos serviços do Microsoft Azure.

O início dos trabalhos no novo cabo está previsto já para agosto deste ano e espera-se que o Marea esteja concluído em outubro de 2017, avançaram as duas empresas num comunicado conjunto. Com uma extensão prevista de cerca de 6.600 quilómetros, o Marea será o primeiro cabo a ligar os Estados Unidos ao sul da Europa e será operado pela Telxius, a nova empresa de telecomunicações da Telefonica S.A.

Esta colaboração entre a Microsoft e o Facebook surge quase dois anos depois de a Google ter feito um acordo com cinco empresas asiáticas para investir cerca de 300 milhões de dólares (268 milhões de euros) para desenvolver e operar o Faster, um cabo transpacífico ligando os EUA ao Japão. O Faster deverá ficar operacional ainda ao longo deste ano, de acordo com as notícias inicialmente divulgadas pela agência Reuters.

Ler mais

Exclusivos