Dois estrangeiros passavam notas falsas na ilha de S.Miguel

Os dois irmãos, de 27 e 32 anos, estrangeiros que se encontravam de férias na ilha, foram detidos pela PJ com a colaboração da PSP

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, com a colaboração da PSP, identificou e deteve dois homens pela presumível prática do crime de passagem de moeda falsa, refere o comunicado da PJ.

Os factos ocorreram recentemente, num estabelecimento comercial do concelho de Ponta Delgada, onde os suspeitos, intencionalmente, entregaram notas contrafeitas de 50 euros para pagamento de despesas, as quais foram apreendidas.

Os detidos, dois irmãos, de 27 e 32 anos de idade, cidadãos estrangeiros que se encontravam de férias na ilha de S. Miguel, foram presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.