Detidos suspeitos de roubo de raspadinhas no valor de 800 euros

Homens de 27 e 31 anos terão roubado "quase todas as raspadinhas que estavam no expositor" de uma pastelaria

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Norte, deteve dois homens suspeitos de terem roubado raspadinhas, no valor de 800 euros, de uma pastelaria em Cete, Paredes, anunciou hoje a autoridade em comunicado.

Segundo a PJ, os detidos, de 27 e 31 anos, terão praticado o crime no domingo.

"Um dos suspeitos abordou a proprietária do referido estabelecimento e, sob coação e ameaça do uso de arma de fogo, apoderou-se de quase todas as raspadinhas que estavam no expositor, num valor que ascende a oitocentos euros", lê-se no comunicado.

Nas diligências efetuadas pela autoridade policial foi possível apreender uma réplica de arma de fogo presumivelmente utilizada para a prática do crime e alguns bilhetes da lotaria instantânea roubados.

Um dos arguidos apresenta antecedentes criminais por crimes contra a propriedade.

Ambos os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Relacionadas

Últimas notícias

Helena Freitas liderou a Unidade de Missão para a Valorização do Interior (UMVI), uma aposta pessoal do primeiro-ministro, António Costa, para coordenar o Programa Nacional de Coesão do Território (PNCT) e lançar bases sólidas para uma descentralização e reversão das desigualdades entre regiões do país. Mas a catedrática descobriu nos decisores políticos uma "inércia e incapacidade de concretizar brutais". Voltou, em junho passado, à universidade de Coimbra, onde é catedrática e assistiu nesta semana, com "perplexidade", ao caso do Infarmed.

Partilhar

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Sociedade
Pub
Pub