Descoberta nova espécie de ave nas Galápagos... que já está extinta

Desaparecimento da espécie agora descoberta é a primeira extinção na Idade Moderna naquele arquipélago

A partir da histórica coleção de exemplares de aves da Academia das Ciências da Califórnia, um conjunto de investigadores descobriu uma nova espécie de pássaros nas Ilhas Galápagos. Infelizmente, desde 1987 que nenhuma destas aves é avistada na região em causa.

Até agora, a espécie em questão tinha sido considerada uma subespécie do Pyrocephalus nanus (que ainda pode ser encontrado no arquipélago.) Os cientistas confirmaram, no entanto, que o Pyrocephalus dubius é geneticamente distinto e pertence, portanto, a uma espécie própria.

Esta é considerada a primeira extinção de uma espécie de aves nas Galápagos na Idade Moderna. As causas ainda não são conhecidas, mas suspeita-se que o desaparecimento tenha sido provocado pela introdução de duas espécies invasivas: os ratos e as larvas.

Os ratos, trazidos para as ilhas pelas embarcações em que viajaram os primeiros visitantes, devoravam os ovos das aves em questão. As larvas, por outro lado, alimentavam-se das crias em desenvolvimento.

A espécie até agora ligada à agora descoberta está também em perigo. "Este é um momento importante na conservação das Galápagos e um aviso vital para percebermos como estes pássaros têm diminuído", diz Jack Dumbacher, co-autor do estudo na Phys.

Ler mais

Exclusivos