Campanha para dar água potável a 120 milhões de africanos

Seriam precisos mil milhões de euros para alcançar o objetivo, mas campanha começa por apontar para um milhão de euros

Uma campanha de crowdfunding tem o ambicioso objetivo de fazer chegar água potável a 120 milhões de africanos. Para começar foi feita uma parceria com uma empresa francesa em Toulouse, a Sunwaterlife, que criou um sistema para purificar a água, independentemente da sua fonte, e agora a campanha pretende angariar um milhão de euros, ainda que seja preciso muito mais dinheiro.

A plataforma It's about my Africa calcula que sejam necessários mil milhões de euros para que o projeto se torne realidade. No entanto, optou por através do crowfunding pedir um milhão. "Os mil milhões de euros são um objetivo simbólico. Esperamos angariar um milhão e depois conseguir o resto através de parceiros financeiros", explicou ao Le Figaro Thomas Kacou, o responsável pela campanha.

A empresa Sunwaterlife já está presente em África, tendo criado um sistema autónomo e móvel para tratar e purificar água seja qual for a sua fonte. A campanha de crowdfunding tem vários patamares, ou seja, com dez mil euros a Sunwaterlife poderá intervir em dois países e chegar a mil pessoas, com 50 mil a empresa trabalhará em quatro países, ajudando cinco mil pessoas, cem mil euros permitirão marcar presença em seis países, o que significará ajudar dez mil pessoas.

Os patamares mais altos situam-se nos 500 mil euros (oito países, 50 mil pessoas) e o objetivo principal de um milhão de euros permitirá fornecer água potável a cem mil pessoas.

A campanha de crowdfunding termina a 20 de fevereiro.

Exclusivos