Caiu a icónica sequoia que tinha um túnel para carros

O túnel foi feito há mais de 137 anos. Árvore tornou-se uma das principais atrações do país

Caiu este domingo uma das árvores mais famosas dos Estados Unidos. A Pioneer Cabin Tree era uma sequoia-gigante de mais de 45 metros de altura, na Califórnia, que tinha um buraco no meio grande o suficiente para um carro conseguir passar. Esta passagem foi feita há 137 anos e ao longo dos anos atraiu milhares de visitantes.

A árvore, que tinha cerca de 10 metros de diâmetro, não conseguiu resistir à tempestade que afetou Califórnia nos últimos dias e caiu no domingo, segundo o Washington Post.

O anúncio foi feito pelo parque estadual Calaveras Big Trees através do Facebook. "A icónica e ainda viva árvore - a árvore com o túnel - encantou muitos visitantes. A tempestade foi demasiado para ela", dizia a publicação do parque.

Não se sabe ao certo porque caiu a árvore, mas algumas pessoas afirmam que a culpa é do buraco, que enfraqueceu as raízes que já por si eram superficiais, e das inundações causadas pela tempestade. As raízes destas árvores perfuram o solo entre 60 centímetros a 1,20 metros de profundidade.

A idade da Pioneer Cabin Tree nunca foi calculada, mas estas árvores, que são das mais altas do mundo, conseguem viver até os 3000 anos. A mais antiga árvore desta espécie tem mais de 3500 anos, segundo a página Live Science.

A notícia foi recebida com alguma tristeza pelo público. Várias pessoas partilharam imagens tiradas ao lado da árvore.

Milhares de pessoas visitaram a Pioneer Cabin Tree e cravaram os seus nomes nesta árvore histórica ao longo dos anos. O livro Images of America: Calaveras Big Trees, por exemplo, mostra fotografias tiradas em 1890 de pessoas a posar junto à árvore.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Henrique Burnay

Isabel Moreira ou Churchill

Numa das muitas histórias que lhe são atribuídas, sem serem necessariamente verdadeiras, em resposta a um jovem deputado que, apontando para a bancada dos Trabalhistas, perguntou se era ali que se sentavam os seus inimigos, Churchill teria dito que não: "Ali sentam-se os nossos adversários, os nossos inimigos sentam-se aqui (do mesmo lado)." Verdadeira ou não, a história tem uma piada e duas lições. Depois de ler o que publicou no Expresso na semana passada, é evidente que a deputada Isabel Moreira não se teria rido de uma, nem percebido as outras duas.