Arranca hoje serviço de táxi fluvial liga ribeiras do Porto e Gaia

Serviço propõe-se transportar 200 mil passageiros no próximo ano

O novo serviço de táxi fluvial no Rio Douro, que liga as ribeiras de Gaia e Porto a cada 15 minutos, entrou hoje em atividade e propõe-se transportar 200 mil passageiros no próximo ano, anunciaram os promotores.

Em comunicado, a empresa The Fladgate Partnership adianta que a travessia do Douro River Taxi é assegurada por duas Rabelas -- embarcações inspiradas no desenho do tradicional barco Rabelo -- e funciona numa lógica de ida e volta, com cada viagem de 230 metros a demorar três minutos e a ter o custo de três euros.

Segundo refere, o serviço estará disponível diariamente entre as 9:00 e as 20:00, tendo cada Rabela 15 metros de comprimento e capacidade para 28 passageiros.

Citado no comunicado, o diretor geral da The Fladgate Partnership, Adrian Bridge, considera que "o trânsito fluvial é uma oferta muito importante que vai beneficiar a cidade, pois neste momento há apenas uma ligação entre as duas margens do Douro, que é a do tabuleiro inferior da Ponte Luís I".

"As rabelas vão permitir que os turistas atravessem o Douro de uma maneira mais rápida, segura, cómoda e agradável", sustenta.

A entrada em atividade do Douro River Taxi esteve previsto para antes da Páscoa deste ano, mas o processo de licenciamento acabou por demorar, tendo a última licença sido emitida em meados de agosto pela Administração dos Portos do Douro (APDL), Leixões e Viana do Castelo.

O arranque do serviço implicou a montagem de um cais de acostagem com cerca de 12 metros em cada uma das margens do Douro - em frente ao Clube Fluvial Portuense, do lado de Gaia, e frente à Praça da Ribeira, no topo montante do Cais da Estiva, do lado do Porto - tendo as duas Rabelas sido batizadas "Serra do Pilar" e "Casa do Infante".

Exclusivos