"Zonas residenciais terão horários de diversão noturna mais restritos"

"É fundamental encontrar locais propícios à diversão noturna para podermos limitar os horários nas zonas residenciais", diz Duarte Cordeiro, vereador com o pelouro da higiene urbana da Câmara de Lisboa em entrevista ao DN

Inês Banha

No último debate na Assembleia Municipal de Lisboa sobre o estado da cidade, no dia 27, o presidente da câmara municipal (CML), Fernando Medina, anunciou que iria ser apresentada uma nova proposta de horário de funcionamento dos bares. Em que consiste?

A revisão do regulamento dos horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais da cidade de Lisboa contempla a criação de duas zonas distintas: a zona ribeirinha da cidade, onde os horários dos estabelecimentos são livres e uma zona referida como residencial onde, por questões de segurança e de proteção da qualidade de vida dos cidadãos, são estipulados horários mais restritos de funcionamento. A zona residencial terá restrições nos horários semelhantes às restrições que o município introduziu na zona do Bairro Alto, do Cais do Sodré, da Bica e de Santos. Os bares passarão a fechar às 02.00 de segunda a quinta-feira e às 03.00 às sextas, sábados e feriados. Apenas estabelecimentos com características que permitam a insonorização do ruído poderão funcionar até mais tarde. As chamadas lojas de conveniência passarão a fechar à meia-noite.

Leia mais na ediçao impressa ou no e-paper do DN