Táxi substitui autocarro numa carreira que apenas serve duas crianças

A experiência da empresa de transportes poderá ser repetida em outros trajetos

DN/Lusa
© Artur Machado / Global Imagens

Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) substituíram autocarros por táxis numa carreira que "apenas serve duas crianças" nas deslocações de e para a escola.

Em declarações à Lusa, um dos administradores da empresa municipal de transportes da autarquia bracarense, Teotónio Santos, disse que se trata de uma "experiência pioneira" que pode ser replicada noutros trajetos, visando "poupança, conforto e flexibilidade" no serviço de transportes.

Teotónio Santos explicou que a carreira entre Ruilhe, "uma das freguesias limítrofes do concelho", e Tadim, é feita para cumprir a obrigação de assegurar o transporte escolar de duas crianças, "que iam sozinhas num autocarro de pelo menos 23 lugares (minibus), que fazia 72 quilómetros por dia".

Os autocarros foram, desde setembro e durante o primeiro período escolar, substituídos por um táxi, que assegura o transporte das duas crianças, fazendo um percurso de 45 quilómetros por dia.

"Há redução de quilómetros e de consumo - porque obviamente, um táxi consome menos que um autocarro, mesmo dos mais pequenos -, o que é bom para ambiente e positivo numa ótica de sustentabilidade", defendeu o responsável.

Segundo explicou, "um minibus gasta cerca de 20 litros aos 100, um táxi nem metade" pelo que, disse, "a diferença enorme e ninguém fica prejudicado".

Teotónio Santos destacou que "esta é uma forma eficaz de assegurar e garantir o serviço, mas de forma muito mais económica".