Alunos de escola de Ermesinde ganham viagem a Sillicon Valley

Escolas de Valongo, Vila Franca de Xira e Lagoa vencem concurso de eficiência energética que envolveu 1473 estabelecimentos de ensino

David Mandim
Alunos da Escola de Ermesinde com o protótipo premiado© D.R.

As escolas básicas n.º 2 de Vialonga, em Vila Franca de Xira, de Rio Arade, em Lagoa, e de Ermesinde, em Valongo, venceram, os projetos Missão Unidos pelo Planeta (UP), Power UP e Switch UP de eficiência energética.

No caso da escola de Ermesinde, o prémio Switch Up é uma viagem de sete dias a Sillicon Valley, na Califórnia. Foi com o projeto Robotize que os alunos desta escola venceram. Consiste na construção e instalação de um protótipo funcional que corta a corrente elétrica nas salas de informática, fora das horas de funcionamento e interrupções letivas, de forma autónoma, evitando, desta forma, desperdícios de energia.

O concurso envolveu ao todo 1473 escolas do 1.º Ciclo ao Secundário e 62 mil alunos, sendo que os prémios foram hoje entregues em cerimónia na Fundação de Serralves, no Porto.

Os três programas educativos desafiaram, durante o ano letivo 2017/2018, crianças e jovens, dos seis aos 18 anos, a "desenvolverem atividades e projetos com o objetivo de incentivar a mudança de comportamentos para um consumo mais eficiente de energia, nas escolas e em casa".

Segundo a Galp, entidade promotora do concurso, no âmbito da Missão ​​​​​​​UP, destinada a alunos entre os seis e 10 anos, foram ainda "lecionadas 507 aulas de energia, especialmente criadas para este projeto, e organizadas seis visitas lúdico-pedagógicas, com a dinamização do jogo Galpshare sobre mobilidade sustentável nas escolas que apresentaram as atividades mais criativas aos desafios temáticos do Natal e Carnaval".