Inseparáveis. A amizade de um leão, um tigre e um urso

Os três animais vivem juntos no Noah's Ark Animal Santuary há 15 anos

Um leão africano, um tigre de bengala e um urso preto americano mais conhecidos como "The BTL" vivem juntos no Noah's Ark Santuary (NASS) em Locus Grove,na Georgia desde 2001.

O caso é contado agora no site oficial do santuário animal, que sublinha o facto de apesar das diferenças evidentes entre os animais, estes vivem em plena harmonia quebrando assim a ideia de que espécies diferentes não podem conviver pacificamente.

Leo, Shere Khan,e Baloo foram resgatados durante uma apreensão de droga numa casa em Atlanta, onde eram mantidos em cativeiro, na cave. Os animais na altura tinham menos de um ano de idade.

Shere Khan estava mal nutrido e magro, mas com o tratamento adequado voltou a ter apetite e a ganhar peso, tornando-se o mais brincalhão e afetuoso dos três irmãos.

Quando Leo foi resgatado apresentava uma ferida infetada no nariz, resultado da sua vivência numa pequena caixa. Depois da recuperação o leão tornou-se num animal estoico que aprecia dormir a sua sesta de vez em quando.

Todos os animais estavam assustados e desnutridos, carregando consigo inúmeros parasitas externos e internos, mas o Baloo era de longe o que se encontrava em pior estado, contam os tratadores.

Viver numa cave acorrentado condicionou o seu crescimento, o seu corpo cresceu à volta dos arreios, tendo que ser operado para fechar as suas feridas profundas, sendo essa a única vez que foi separado dos seus irmãos. No entanto é o mais confiante e relaxado dos três, fazendo de tudo para obter um delicioso snack, acrescentam, no site oficial.

A NASS considerou os ferimentos demasiado graves para poder devolver os animais à natureza, mantendo-os no Santuário a viver em espaços comuns.

O trio continua unido e a conviver diariamente para comer, brincar e até dormir.

E o amor entre eles é evidente.

Graças à NASS os três vão poder viver o resto das suas vidas juntos, longe das atrocidades a que foram submetidos.

Em 2014 o Shere Khan foi diagnosticado com a doença do disco intervertebral, no entanto está a responder bem ao tratamento e poderá viver muito mais anos junto da sua família.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.