Acidente de trabalho provoca um morto em Ourém

Homem, de 49 anos, foi encontado "debaixo de uma plataforma elevatória"

Um homem morreu na tarde desta segunda-feira vítima de um acidente de trabalho, em Gondemaria, no concelho de Ourém, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Caxarias, Hélder Silva, os bombeiros foram acionados pelas 16:05 para um acidente de trabalho em Gondemaria.

"Ao chegarmos ao local deparámo-nos com uma vítima, de 49 anos, do sexo masculino, que se encontrava debaixo de uma plataforma elevatória", revelou Hélder Silva.

Depois de retirado, os bombeiros "iniciaram as manobras de reanimação" até à chegada da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Leiria.

"Mandaram-nos parar com as manobras e declararam o óbito", referiu.

No local estiveram elementos dos Bombeiros Voluntários de Caxarias, da GNR e da VMER.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.