GNR deteve em flagrante três homens pelo crime de caça ilegal em Alijó

Hoje teve início a época da caça aos tordos e é crime caçar antes do nascer do sol

A GNR deteve hoje em flagrante três homens suspeitos de caça ilegal, no âmbito de uma operação de fiscalização que decorreu no concelho de Alijó, Vila Real.

Fonte do comando da GNR de Vila Real disse que os suspeitos, com idades compreendidas entre os 51 e os 62 anos, se encontravam a caçar antes da hora permitida por lei.

Segundo explicou, hoje teve início a época da caça aos tordos e é crime caçar antes do nascer do sol.

No entanto, os militares detetaram os caçadores a fazerem disparos antes do amanhecer.

Os três homens, que foram detidos na zona de Favaios, vão ser presentes segunda-feira ao Tribunal de Alijó, para aplicação de eventuais medidas de coação.

As detenções ocorreram no âmbito de uma fiscalização à caça, desencadeada pelo Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) de Vila Real e de Peso da Régua.

Foram ainda apreendidas três armas de caça, as cartas de caçadores, os livretes das três armas e 273 cartuchos de chumbo.

Segundo a fonte, no decorrer da operação foram fiscalizados 23 caçadores.

A ação de fiscalização mobilizou 25 operacionais do SEPNA da GNR.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG