Federação de Associações de Suinicultores pede a reversão da extinção das CCDR

A Federação Portuguesa de Associação de Suinicultores (FPAS) considera que a extinção das CCDR na área da agricultura e da pesca pode resultar num ainda maior isolamento dos agricultores e produtores pecuários, no abandono da atividade primária, no afastamento do Ministério da Agricultura ao território e na incapacitação das fileiras agropecuárias.

A Federação Portuguesa de Associação de Suinicultores (FPAS) endereçou uma carta aberta ao primeiro-ministro, António Costa, contra a extinção das direções regionais de agricultura e pescas.

No dia 17 de novembro o comunicado do Conselho de Ministros determinou "a o início do processo de transferência e partilha de atribuições dos serviços periféricos da administração direta e indireta do Estado, para as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR)" na área da agricultura, resultando na prática na extinção das Direções Regionais de Agricultura e Pescas.

A FPAS manifestou a sua preocupação face a esta resolução por considerar que vai resultar num ainda maior isolamento dos agricultores e produtores pecuários, no abandono da atividade primária, no afastamento do Ministério da Agricultura ao território e na incapacitação das fileiras agropecuárias.

"Consideramos que esta é mais uma medida que visa o desmantelamento do Ministério da Agricultura, ignorando ser esta a única área de governação da qual dependem 100% dos portugueses. A FPAS não pode deixar de discordar desta linha de atuação política que apouca, ofende e reduz à mínima expressão a agricultura e os agricultores portugueses. Em tempos de campanha eleitoral ouvimos o V/Exª referir que "é preciso alimentar o gado, é preciso acarinhar o gado, é preciso tratar bem o gado" e a tomar como lema "não deixar ninguém para trás". Pois, é com consternação que vemos agora o Governo de V/Exª deixar para trás o gado e quem trata do gado", afirma a FPAS na sua carta aberta.

"No momento presente a agricultura vive tempos de grande indefinição causada pela seca e pela guerra na Ucrânia e é neste preciso momento que o Governo de Portugal decide extinguir organismos regionais de importância nuclear para o desenvolvimento rural aumentando o grau de instabilidade das milhares de empresas agrícolas, agricultores e produtores pecuários do país."

A Federação Portuguesa de Associação de Suinicultores apela ao primeiro-ministro que esta resolução seja revertida "a bem do país, da economia nacional e dos consumidores portugueses".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG