Euromilhões mais caro, mas com prémios mais altos

Jogos Santa Casa passa a gerir ainda o Totosorteio, jogo de sorteio de números associado ao Euromilhões, que arranca em setembro

Jogar no Euromilhões vai ser mais caro 50 cêntimos a partir de finais de setembro, mas o valor mínimo dos prémios máximos vai aumentar vários milhões. Se ganhar o primeiro prémio em vez dos atuais 15 milhões vai receber 17 milhões de euros, anunciou os Jogos Santa Casa, entidade que gere o Euromilhões em Portugal. No caso dos Super Jackpots o aumento pode ser acima de 30 milhões.

O Conselho de Ministros aprovou ontem o aumento do valor da aposta para 2,50 euros. O montante, que a partir de 27 de setembro o jogador passa a pagar por cada aposta, inclui, no entanto, os 30 cêntimos de um novo jogo de sorteio de números associado ao Euromilhões - o Totosorteio.

O novo jogo, já aprovado pelo governo e que vai ser gerido pelos Jogos Santa Casa, visa "combater a oferta ilegal que se verifica existir neste tipo de sorteios de números, canalizando-a para a oferta legal, em estritas condições de segurança, integridade e transparência, as quais são garantidas pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa", justifica o executivo no comunicado emitido depois da reunião.

"É assegurado que os resultados líquidos destas apostas continuam destinados a fins de interesse público." A criação do novo jogo Totosorteio pretende igualmente equiparar as regras nacionais do jogo Euromilhões às restantes Lotarias da União Europeia.

O Totosorteio será lançado a 30 de setembro e irá atribuir todas as semanas um prémio de 1 milhão de euros. O jogo é só para Portugal, já que é uma marca comercial dos Jogos Santa Casa.

Nova oferta em outubro

O aumento do valor da aposta no Euromilhões vai permitir ainda subir os montantes mínimos dos sorteios dos Super Jackpots. Ou seja, dos atuais 100 milhões passam a ter montantes mínimos garantidos "a partir de 130 milhões de euros", informa os Jogos Santa Casa.

Previsto está ainda lançar um novo "evento promocional" em torno do Euromilhões. Duas vezes por ano, 25 jogadores irão ser contemplados com um milhão de euros cada. O primeiro sorteio está previsto para final de outubro.

Estas mudanças foram acordadas a 8 de julho entre os nove países participantes no Grupo do Euromilhões que inclui Áustria, Bélgica, França, Irlanda, Luxemburgo, Suíça e Reino Unido. Portugal juntou-se a este grupo em 2004. Desde então, já 60 portugueses ganharam o primeiro prémio.

A mecânica do jogo não foi alterada, embora os jogadores passem a ter mais uma estrela na matriz: 12 em vez das atuais 11.

Exclusivos