DGS alerta para temperaturas elevadas e recomenda proteção

IPMA prevê que temperaturas possam atingir valores entre 38 e 42º no interior do país

A Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiu hoje um alerta, à população em geral e em particular às pessoas mais vulneráveis, para que adotem medidas de prevenção contra as temperaturas elevadas, esperadas para os próximos dias.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, prevê-se um aumento significativo das temperaturas a partir de quinta-feira, dia 14 de julho, até dia 20 de julho, pelo menos. A temperatura máxima vai registar valores superiores a 30ºC, em praticamente todo o território, podendo atingir valores de 38º a 42ºC, em especial nas regiões do interior.

Neste contexto, a DGS "recomenda a adoção de medidas gerais de prevenção destinadas à população em geral e medidas específicas para pessoas mais vulneráveis aos efeitos do calor", nomeadamente bebés e crianças pequenas, idosos, doentes crónicos, praticantes de desporto e pessoas isoladas e em carência económica e social.

Assim, para "se proteger dos efeitos negativos do calor intenso" a DGS recomenda que as pessoas se mantenham hidratadas, protegidas do calor e com a casa fresca. Para quem tem problemas de saúde, a DGS aconselha a estar especialmente atento e protegido. É igualmente importante estar em contacto e atento aos outros, bem como manter-se informado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG