Dez adolescentes detidos em França por violarem rapariga de 12 anos

Jovens detidos têm entre 14 e 19 anos

Dez adolescentes, entre os 14 e os 19 anos, foram detidos na quarta-feira em França, na região do Loiret, suspeitos de terem violado repetidamente uma menor de 12 anos.

Segundo a imprensa francesa, os adolescentes - dos quais nove são igualmente menores - foram detidos em Artenay e terão obrigado a rapariga de 12 anos a fazer-lhes sexo oral mais de vinte vezes entre o verão e o mês de novembro de 2016. Eram todos colegas de escola.

De acordo com os jornais franceses, a mãe da menor foi chamada pelo diretor do estabelecimento de ensino, que percebeu que havia fotografias da rapariga nua a circularem entre os alunos. O responsável quis avisar a encarregada de educação e só depois deste episódio é que a mãe confrontou a filha, que admitiu ter sido violada.

Dos dez jovens detidos, só quatro não eram já conhecidos da polícia. Os restantes seis já tinham cadastro por atos de violência.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.