Descoberto vírus informático utilizado para espionagem

Entre as vítimas do vírus encontram-se agências governamentais, centros de investigação científica. organizações militares e instituições financeiras

Um grupo de peritos em segurança informática descobriu um vírus altamente sofisticado escondido há pelo menos cinco anos em computadores, que batizaram com o nome de "Projeto Sauron" e que acreditam ter sido desenvolvido por um país.

Segundo um relatório publicado pela empresa de segurança Symantec, com sede em Mountain View (Califórnia, Estados Unidos), e o Laboratório Kaspersky de Moscovo (Rússia), o vírus está ativo desde 2011.

Entre as suas vítimas encontram-se agências governamentais, centros de investigação científica, organizações militares e instituições financeiras da Rússia, Irão, Ruanda, China, Suécia e Bélgica.

"O grupo utiliza um vírus conhecido como Remsec para realizar os seus ataques", afirmou a Symantec, destacando que é utilizado para espionagem.

Os peritos do laboratório russo definem o "Projeto Sauron" como uma "plataforma modular que facilita campanhas para a espionagem informática a longo prazo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG