Criança de 9 anos atingida a tiro encontra-se "estável"

O disparo terá sido feito com uma arma de pressão, quando o rapaz estava a brincar o irmão mais velho

O rapaz de nove anos atingido num pulmão por um projétil disparado de uma arma de pressão, no lugar da Bouça, em Paredes, encontra-se "estável", disse hoje à Lusa fonte do Hospital de S. João, no Porto.

De acordo com o Jornal de Notícias, o disparo terá sido feito com uma arma de pressão, no domingo à tarde, quando o rapaz estava a brincar o irmão, de 14 anos, perto da casa de família.

Contactada hoje pela Lusa, fonte das Relações Públicas da GNR/Porto afirmou que "tudo indica que tenha sido um acidente" e que o caso foi entregue à Polícia Judiciária (PJ).

O JN refere ainda que a criança terá sida transportada para o Hospital Padre Américo, em Penafiel, pela família cerca das 15:30, mas "dada a gravidade do estado de saúde" o rapaz foi transferido para o Hospital de S. João, encontrando-se nos cuidados intensivos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG