Criado novo ecrã tridimensional que usa laser e bolhas de líquido

Ecrã permite ver imagens 3D a partir de todos os ângulos e sem óculos especiais

Investigadores japoneses criaram um novo tipo de ecrã que usa um laser para formar pequenas bolhas dentro de um líquido, o que permite ver imagens a três dimensões de qualquer ângulo e sem usar óculos especiais.

O ecrã de bolhas volumétrico pode reproduzir gráficos de várias cores, o que é a principal dificuldade, afirmou um dos membros da equipa, que publica hoje um estudo no boletim da Optical Society.

Para conseguir as cores diferentes, os cientistas usam impulsos de laser para colorir as gotas de líquido, uma tecnologia que é por enquanto experimental, mas que esperam um dia poder ser aplicada a áreas que vão da arte à medicina.

Por exemplo, a tecnologia poderá ser usada para recriar um modelo da anatomia de um paciente, permitindo a um médico conhecê-la antes de qualquer intervenção, ou para criar modelos tridimensionais de alvos militares.

O principal autor do estudo, Kota Kumagai, da universidade japonesa de Utsunomiya, afirmou que "o ecrã volumétrico de bolhas é mais indicado para espaços públicos como museus ou aquários porque é uma instalação cara e grande".

"No futuro, esperamos conseguir reduzir o tamanho e o custo da fonte de laser e dos dispositivos óticos para criar um sistema mais pequeno, acessível para uso pessoal", afirmou.

Agora, a investigação vai no sentido de conseguir rebentar as bolhas de líquido a partir de dentro para que a imagem possa ser alterada ou apagada.

Exclusivos