Comunidade chinesa denuncia agressão de aluno e faz queixa à PSP

Liga dos Chineses critica escola por não ter chamado ambulância e informado os pais. Jovem teve uma hemorragia cerebral.

Um rapaz chinês de 12 anos - vítima de bullying segundo a Liga dos Chineses em Portugal; que se envolveu numa luta com um colega da turma, um romeno, por causa de uma bola, contrapõe a direção escolar -, entrou no Hospital de Santa Maria mais de 12 horas depois da briga e com uma hemorragia cerebral que poderia ter sido fatal. A associação e os pais querem explicações da direção escolar e apresentaram queixa na PSP, o que também fez a escola. E está a decorrer um inquérito no estabelecimento de ensino que o aluno frequenta, em Lisboa.

Leia mais na ediçao impressa ou no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG