Chineses em Portugal gritaram por "Uma Única China"

Nos cartazes escritos com carateres chineses e em inglês, os manifestantes reivindicavam que Taiwan faz parte da China e contestavam a recente visita de Nancy Pelosi à ilha.

A Liga dos Chineses em Portugal organizou esta terça-feira uma manifestação frente à Embaixada dos Estados Unidos da América, em Lisboa, a favor "do princípio de Uma Única China".

Com cartazes onde se podia ler, em carateres chineses e em inglês "Somos uma China e Taiwan é parte da China", entre outras mensagens semelhantes, dezenas de pessoas perfilaram-se, empunhando a bandeira vermelha da República Popular da China, para contestar a recente visita da líder da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, à ilha.

Tratou-se de algo a que "a diplomacia chinesa se opôs legitimamente, porque à luz daquela resolução e dos acordos estabelecidos com os EUA, representa uma violação da soberania da China", segundo se pôde ler num comunicado da Liga dos Chineses em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG