Ainda há duas super luas para ver até ao final do ano

Como a órbita da Lua é uma elipse, o satélite da Terra ora está mais perto, ora mais longe

Neste outono de 2016 todas as luas cheias, de 14 de novembro e 12 de dezembro, serão "super luas", ou seja, a lua cheia acontece quando o satélite está mais próximo da Terra na sua órbita à volta do nosso planeta. A primeira aconteceu no dia 16 de outubro

Como a órbita da Lua é uma elipse, o satélite da Terra ora está mais perto, ora mais longe em cada mês lunar (27,3 dias). Quando está mais perto aparece no céu noturno maior e mais brilhante.

O Observatório Astronómico de Lisboa lembra que "os instantes de lua cheia não coincidirão exatamente com os instantes do perigeu, mas estarão muito próximos". A melhor para observar será, segundo o OAL, a de 14 de novembro, em que os instantes do perigeu e da lua cheia estão apenas desfasados de 2:31 horas. Nesse dia a lua nascerá às 17. 50 em Lisboa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG