O antibiótico que é a nova arma contra as bactérias multi-resistentes

Vancomicina é uma versão mais potente de um antibiótico que já tem 60 anos, mas ao qual as bactérias começaram agora a criar resistência

Um nova versão mais potente de um antibiótico com 60 anos criada por cientistas nos Estados Unidos poderá resolver o problema das bactérias resistentes àqueles medicamentos, segundo um novo estudo.

A equipa do Scripps Research Institute, na Califórnia, aperfeiçoou a vancomicina, um antibiótico já de si extremamente forte contra infeções, a que só agora as bactérias começaram a criar resistência.

O antibiótico impede as bactérias de formarem paredes celulares, um efeito que as bactérias tiveram muita dificuldade em ultrapassar, cuja eficácia os cientistas conseguiram agora multiplicar por mil.

Assim, é necessária uma quantidade muito mais pequena do antibiótico, afirmam os investigadores, que querem agora acelerar o processo de modificação da vancomicina.