PAN quer "suspensão das largadas". Jovem de 16 anos morreu esta madrugada na Moita

Jovem foi colhido mortalmente cerca das 02:00 da madrugada deste sábado, durante as tradicionais largadas de touros, inseridas na Feira Regional de Maio.

Artur Cassiano
Imagem de arquivo© Leonardo Negrão Global Imagens

Inês Sousa Real afirma que vai "questionar o governo sobre a promulgação do diploma que limita a assistência de crianças e jovens nas touradas e apresentar uma iniciativa para a suspensão das largadas".

A líder do PAN alerta que as largadas para "além de não serem objeto de regulamentação, constituem um claro perigo para a vida de pessoas e animais" e que "Portugal já foi instado pela ONU para afastar crianças e jovens da violência desta atividade".

"Não podemos perpetuar a barbaridade das touradas, que atinge pessoas e animais", escreveu no Twitter.

A Câmara da Moita distrito de Setúbal, lamentou hoje a morte de um jovem, de 16 anos, nesta madrugada, após ser colhido por um touro durante a Feira Regional de Maio, acrescentando estar a acompanhar as "averiguações".

"Na sequência do trágico incidente desta madrugada, do qual resultou a morte de um jovem, a Câmara Municipal da Moita lamenta o sucedido e apresenta as mais sentidas condolências à família, estando disponível para prestar todo o apoio necessário", refere o município, em nota enviada à agência Lusa.

A autarquia acrescenta que "está a acompanhar as averiguações às causas deste incidente, em estreita colaboração com as autoridades competentes".

Fonte da GNR explicou à Lusa que o jovem foi colhido mortalmente cerca das 02:00, durante as tradicionais largadas de touros, inseridas na Feira Regional de Maio, que decorre entre 19 e 22 de maio, naquela vila do distrito de Setúbal.