Votos da emigração: PaF elege mais 3 deputados, PS mais 1

A contagem de votos das eleições legislativas de 4 de outubro terminou hoje, com as contagens de votos dos consulados

A contagem de votos do círculo da emigração das eleições legislativas de dia 4 de outubro foi hoje concluída, com o escrutínio dos eleitores residentes no estrangeiro.

Nesta votação, a coligação Portugal à Frente elegeu três deputados e o PS um, segundo o Ministério da Administração Interna.

Segundo os dados provisórios do Ministério da Administração Interna (MAI), a coligação obteve 43,95% dos votos e elegeu os deputados José Cesário, Carlos Gonçalves e Carlos Páscoa, enquanto o PS recolheu 20,01%, elegendo Paulo Pisco.

O partido Nós foi o terceiro mais votado, com 9,58% dos votos, tendo Mendo Henriques, responsável partidário, indicado que o Movimento vai impugnar os resultados por "diversas perturbações no processo eleitoral", nomeadamente na contagem dos votos

Desta forma, PSD e CDS-PP ficam no novo Parlamento com 102 deputados -- a que acrescem os 5 deputados eleitos pelo PSD nos Açores e Madeira, círculos em que não houve coligação PaF -- e o PS com 86. A restante composição do hemiciclo será a seguinte: Bloco de Esquerda, 19 deputados; PCP/PEV, 17; e PAN com 1 deputado.

Exclusivos