Vital alerta para os riscos da ingovernabilidade do país

O cabeça-de-lista socialista ao Parlamento Europeu, Vital Moreira, assumiu a responsabilidade da derrota, mas considerou que os resultados revelam uma "fragmentação" partidária que coloca em causa a governabilidade do país.



"Como cabeça-de-lista do PS assumo pessoalmente a responsabilidade desta derrota. Se alguém individualmente é responsável por este resultado, esse alguém obviamente sou eu", começou por dizer o constitucionalista da Universidade de Coimbra.

Segundo Vital Moreira, a votação de hoje apresenta "três aspectos que não são positivos: em primeiro lugar a elevada taxa de abstenção; a elevada votação da esquerda anti-europeísta, num momento em que precisamos de mais Europa; e a redução dos resultados cumulativos do PS e do PSD".

"Isto revela o aumento da fragmentação partidária em Portugal, fazendo recear pela governabilidade do país no futuro", afirmou.

A seguir deixou uma mensagem sobre o que farão os eurodeputados socialistas na próxima legislatura.

"Os eurodeputados socialistas não vacilarão no seu compromisso com a construção europeia e com a defensa dos interesses específicos na União Europeia", acrescentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG