Vistos gold: Judiciária tem imagens de pagamentos de casas em dinheiro

Valores transacionados sem qualquer controlo terão atingido milhões de euros

As transações entre intermediários e empresas imobiliárias terão sido observadas em operações de vigilância e registadas em transferências bancárias no decorrer da investigação policial que levou na quinta-feira à detenção de 11 pessoas. Entre elas, altos quadros do Estado, alguns próximos do ministro Miguel Macedo.

O governante garantiu a Pedro Passos Coelho nada ter que ver com o caso, mas já se fazem sentir os efeitos políticos. Protegendo Miguel Macedo, o PSD empurrou as explicações sobre o processo dos vistos dourados para Paulo Portas

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG