Vai ser criado Grupo Parlamentar União Europeia-Brasil

O eurodeputado português Paulo Rangel anunciou na noite de quarta-feira, em Brasília, que o Parlamento Europeu prepara um grupo parlamentar específico para discutir as relações da União Europeia com o Brasil.

Paulo Rangel falava no 18.º Fórum Brasil-Europa, em que participou nas discussões sobre a atuação do Brasil e da União Europeia em fóruns internacionais e as perspetivas de cooperação.

Segundo a Agência Câmara, o eurodeputado mencionou que atualmente existe apenas um Grupo Parlamentar União Europeia-Mercosul.

Paulo Rangel, apesar de elogiar o trabalho do grupo que discute as relações com o Mercosul, disse que o Brasil merece um grupo específico devido ao protagonismo que representa hoje.

O Grupo Parlamentar União Europeia-Brasil deverá ser formado em breve, informou também o eurodeputado.

Logo após a apresentação no fórum e poucas horas após a sua chegada ao Brasil, Paulo Rangel dirigiu-se ao aeroporto de Brasília para regressou a Portugal.

Fontes da organização do fórum no Brasil disseram à Agência Lusa que o eurodeputado antecipou a viagem de regresso por ter sido convocado para uma reunião em Lisboa. Paulo Rangel tinha previsto ficar mais um dia no Brasil para encontros com políticos brasileiros.

O 18.º Fórum Brasil-Europa foi organizado pela Fundação Konrad Adenauer e pelos institutos de Relações Internacionais e de Ciências Humanas da Universidade de Brasília, com o apoio da Delegação da União Europeia no Brasil.

O encontro não tem caráter governamental e, por isso, não resultará em projetos concretos de cooperação, mas servirá para a ampliação do conhecimento sobre a relação Brasil-UE.

O fórum, cujo tema principal é "Brasil e União Europeia na Nova Ordem Global", continua ao longo do dia de hoje.

Entre os assuntos que serão abordados estão energia, mudanças climáticas, infraestruturas, parceria UE-Mercosul e o impacto da crise económica europeia nas relações entre os dois lados do Atlântico.