Tribunal de Contas critica PPPs nas águas

Tribunal de Contas diz que Parcerias Público-Privadas neste sector garantem lucro excessivo a privados

Uma auditoria do Tribunal de Contas às Parcerias Público-Privadas no sector da Água revela que os privados conseguem um lucro excessivo com estes contratos. O tribunal concluiu que a maioria dos contratos "têm cláusulas que prejudicam o interesse público".

Os privados, de capital nacional e estrangeiro, gerem a água de 23% da população portuguesa.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG