Três sismos em Sobral de Monte Agraço desde terça-feira

Abalo teve 4,3 de magnitude

O sismo que esta manhã foi sentido na região de Lisboa já o terceiro com epicentro no mesmo local desde terça-feira. O abalo com 4,3 de magnitude, registou-se às 7:44, teve epicentro a cerca de quatro quilómetros a Este-Nordeste de Sobral de Monte Agraço.

Segundo a informação que consta do site do IPMA, tem-se registado alguma atividade sísmica na região de Sobral de Monte Agraço. No dia 15, houve dois abalos com o mesmo epicentro, um de magnitude 2.5 e outro de 2,9.

Os bombeiros voluntários de Sobral de Monte Agraço disseram à Lusa que apesar de "muito sentido", o tremor não originou pedidos de ajuda.

"Foi um pouco assustador. Os vidros à voltam tremeram todos, até achei que fossem partir", disse à Lusa Daniela Cardoso, bombeira voluntária daquela corporação, que acrescentou que o abalo foi sentido durante cinco a dez segundos.

Segundo o IPMA, o sismo foi sentido com intensidade máxima IV (escala de Mercalli modificada) na região de Sobral de Monte Agraço e com menor intensidade em Lisboa.

"Os objetos suspensos baloiçam. A vibração é semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados ou à sensação de pancada duma bola pesada nas paredes. Carros estacionados balançam. Janelas, portas e loiças tremem. Os vidros e loiças chocam ou tilintam. Na parte superior deste grau as paredes e as estruturas de madeira rangem", de acordo com informação do IPMA, caracterizando este nível da escala de Mercalli modificada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG