Três polícias acusados de corrupção

Elementos da PSP trabalhavam no Departamento de Armas de Explosivos. São suspeitos de receber dinheiro a troco de informações sobre ações de fiscalização

Três elementos do Departamento de Armas e Explosivos da PSP foram acusados pelo Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa (DIAP) por crimes de corrupção passiva e abuso de poder. Os arguidos são suspeitos de receber dinheiro "como contrapartida da informações sobre ações de fiscalização e da omissão do cumprimento dos respetivos deveres funcionais".

A acusação da 9.ª secção do DIAP de Lisboa abrange ainda mais três pessoas, suspeitas de corrupção ativa. Os três polícias encontram-se presos preventivamente desde junho do ano passado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG