Trânsito restabelecido na A2 após despiste com oito feridos

Dos dois feridos graves na sequência de um despite na zona de Grândola, um foi transportado para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

A circulação rodoviária já foi restabelecida na Autoestrada do Sul (A2), na zona de Grândola, depois de ter estado temporariamente cortada nos dois sentidos, devido ao despiste de uma carrinha, que provocou hoje oito feridos.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), na sua página na Internet, revela que o trânsito automóvel foi restabelecido às 20:19, encontrando-se a ocorrência "em resolução". Contactada pela agência Lusa, fonte do Comando Territorial de Setúbal da GNR confirmou que a circulação rodoviária "já se encontra normalizada".

O acidente envolveu uma carrinha de transporte de passageiros, de nove lugares, que se despistou na A2, no sentido norte-sul, ao quilómetro 102, no concelho de Grândola, tendo o alerta sido dado por volta das 18:40.

O homem de 47 anos transportado de helicóptero para o Hospital de Santa Maria (Lisboa), na sequência do despiste, apresentava um "traumatismo torácico e traumatismo cranioencefálico", revelou o INEM.

Segundo o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a vítima foi um dos dois feridos graves do acidente, que provocou também seis feridos ligeiros. "Há outro ferido grave, com traumatismo cranioencefálico, que foi transportado para o Hospital do Litoral Alentejano (HLA), em Santiago do Cacém", precisou à agência Lusa a mesma fonte do INEM.

No total, o despiste da carrinha de transporte de passageiros, de nove lugares, causou oito feridos, "todos homens, com idades entre os 45 e os 70 anos", afirmou a fonte do INEM.

Dos seis feridos ligeiros, continuou, quatro foram transportados para o HLA e os outros dois acabaram por ser transportados para o Hospital de S. Bernardo, em Setúbal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG