Táxi com turista atingido por GNR

Bala terá entrado acidentalmente por um dos vidros da viatura, mas não houve vítimas. Comando da GNR apenas refere que foi feito um disparo de "advertência" para um motociclista em fuga.

Um táxi que transportava turistas para o aeroporto de Faro, na zona de Quarteira, concelho de Loulé, foi esta tarde domingo atingido acidentalmente com um tiro disparado por um militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) durante uma operação de perseguição a um motociclista em fuga. Não se registaram feridos.

Segundo apurou o DN, no meio da confusão, a bala terá entrado por um dos vidros da viatura atingindo o apoio de cabeça do lugar ao lado do condutor. "O carro ficou imobilizado e os turistas tiveram de apanhar um outro táxi para chegarem ao aeroporto", contou ao DN uma testemunha no local.

Fonte do Comando Territorial de Faro da GNR disse ao DN ter ocorrido uma situação de um disparo que "terá atingido uma viatura, sem provocar danos". Na altura, "um militar disparou em sinal de advertência para um motociclista que se escapava", acrescentou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG