Suspeito jura pelo filho que não raptou Rui Pedro

"Juro pelo meu filho que não fiz nada ao Pedro". Foram estas as palavras que Afonso Dias, acusado de rapto de Rui Pedro, disse à mãe do menino desaparecido há 13 anos enquanto esta testemunhava.

A sessão de ontem do julgamento do mediático caso ficou ainda marcada por uma série de requerimentos, um deles referente à junção aos autos de uma carta recebida esta semana no tribunal, de uma mulher residente em Lousada, a afirmar "saber coisas" sobre o caso Rui Pedro.

Leia mais pormenores no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG