Voos processados de acordo com plano traçado, mas com atrasos, diz o diretor do aeroporto

O director do aeroporto de Faro disse que os voos previstos para hoje continuam a ser processados de acordo com o plano definido após o encerramento das áreas públicas do aeroporto, mas com atrasos em função da alteração no seu funcionamento.

"Os aviões estão todos a ser processados de acordo com o plano previsto. Estão é a registar-se atrasos, uma vez que a forma como os embarques estão a ser processados e a forma como se circula são diferentes", afirmou António Correia Mendes à Agência Lusa. O director do aeroporto de Faro lembrou que o aeroporto já estava com a sua capacidade reduzida desde segunda-feira, dia em que o mau tempo provocou a queda do tecto do aeroporto.

As áreas públicas do terminal do aeroporto de Faro estão encerradas desde o meio-dia, devido ao mau tempo previsto para hoje na região, informou a ANA - Aeroportos e Navegação Aérea, adiantando que em causa está a parte da estrutura do aeroporto que ficou danificada na madrugada de segunda-feira e que está ainda a ser reparada.

A ANA explicou que o fecho foi decidido na sequência da avaliação das condições de segurança do aeroporto "face às previsões meteorológicas para hoje nesta cidade, que prevêem rajadas de vento na ordem dos 65 a 100 quilómetros/hora", mas informou que os voos previstos irão realizar-se. Os passageiros foram encaminhados para o parque de estacionamento P6 do aeroporto, onde está montada uma estrutura provisória para acolhimento, e posteriormente são transportados de autocarro para uma zona onde se faz "a segregação, 'check-in' dos passageiros e procedimentos de segurança".

O processamento, 'check-in' e controlo de segurança e fronteira vai ser feito em salas designadas para o efeito. O aeroporto tinha previsto para hoje 122 movimentos, informou a ANA, precisando que seriam processados 12 movimentos por hora, correspondentes a seis partidas e seis chegadas. Uma parte significativa da cobertura da aerogare, a zona do 'rent-a-car' e a torre de controlo do aeroporto de Faro ficaram destruídas ou severamente danificadas na sequência do mau tempo registado na segunda-feira de madrugada.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG