Restaurantes de luxo com pratos a preço de saldo

Cerca de 90 restaurantes de luxo, no distrito de Lisboa, vão ter menus a 20 euros entre 16 e 26 de outubro, uma iniciativa solidária que visa promover um estilo de vida saudável, segundo a organização.

Esta é a 12.ª edição da Restaurant Week, que chegou a Lisboa em 2009, e como tem vindo a acontecer nas edições anteriores, cada restaurante ficará encarregue de elaborar um menu composto por entrada, prato principal e sobremesa.

A causa social também se mantém, sendo que um euro de cada menu vai reverter a favor de associações como o Movimento Mulheres de Vermelho, o Movimento ao Serviço da Vida e a Aldeias de Crianças S.O.S.

Segundo António Peres, da organização, esta semana gastronómica solidária teve uma maior importância por coincidir com a altura em que a crise económica se acentuou.

A par desta vertente, a iniciativa visa também apelar "a estilos de vida saudáveis" que passam por ter uma alimentação equilibrada e praticar exercício físico, "gastando o que se come", salientou o responsável.

Naquela que é também uma oportunidade de democratizar o acesso à restauração de luxo, a organização quer promover o consumo de peixe, nomeadamente dos que têm ómega 3, como é o caso do salmão, a sardinha e o atum, indicou.

"Vamos almoçar e vamos praticar um exercício que está ao serviço de uma causa -- que os portugueses sejam cada vez mais saudáveis", disse António Peres.

As reservas para a Restaurant Week poderão ser feitas através do 'site' do evento ou da aplicação BestTables.

Depois de Lisboa, segue-se a cidade do Porto, de 30 de outubro a 09 de novembro.

A primeira Restaurant Week surgiu em Nova Iorque, em 1992, no âmbito de uma parceria com a Fashion Week (semana da moda), com vista a aumentar o volume de vendas na época baixa da restauração.

Em Portugal, o evento realizou-se pela primeira vez em Lisboa e no Porto em 2009, seguindo-se a cidade de Loulé, no ano seguinte.

Já foram servidas, ao todo, 150 mil refeições no país, das quais resultaram mais de 150 mil euros para fins solidários.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG