Rede de jogo ilegal funcionava na cave de um café

A PSP desmantelou uma alegada rede de jogo ilegal em Lisboa suspeita de utilizar a cave de um estabelecimento comercial para recolher e pagar apostas sobre os números da lotaria nacional.

Segundo a fonte, a PSP teve conhecimento, através de denúncias telefónicas, de que na Estrada de A-Da-Maia (Benfica) funcionaria uma casa de jogo ilegal num estabelecimento comercial.

Após vigilância ao local, a polícia constatou que várias pessoas entravam no estabelecimento e saíam poucos minutos depois sem se dirigir ao balcão.

De seguida, os elementos da PSP entraram no estabelecimento, constatando que no piso inferior funcionava um escritório onde era feita a recolha de apostas ilegais.

De acordo com a fonte, o alegado esquema consistia em utilizar os números da extração da lotaria nacional. "Cada aposta custava cinquenta cêntimos e, se cada número coincidisse com os primeiros três números da lotaria nacional, o apostador recebia um prémio de 300 euros", adiantou.

A PSP apreendeu vários documentos, assim como dois caixotes de dinheiro que continham 3 150 euros alegadamente provenientes das apostas. A polícia identificou um homem de 32 anos, suspeito de receber as apostas, e o proprietário do estabelecimento, de 78 anos, por ter conhecimento e permitir a atividade ilícita.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG