Portagens no IC19 será "brincadeira de muito mau gosto"

A Comissão para a Mobilidade e Transportes no concelho de Sintra reage assim à notícia avançada hoje pelo Jornal de Negócios. A Estradas de Portugal garantiu entretanto desconhecer mais portagens do que as já anunciadas.

"Na semana em que os transportes públicos na linha de Sintra aumentaram 25 por cento, só posso interpretar isso como uma brincadeira de muito mau gosto", disse Guadalupe Gonçalves, daquela comissão, à Agência Lusa.

O Jornal de Negócios noticia hoje que a Estradas de Portugal (EP) quer portagens em todos os troços de autoestrada do país que não são pagos, entre os quais se incluem os itinerários complementares (IC) e os itinerários principais (IP). "A empresa considera que, desta forma, seria reforçado o princípio do utilizador-pagador e se aumentava a sustentabilidade do modelo de financiamento rodoviário", lê-se no jornal.

A empresa emitiu entretanto um comunicado a garantir que desconhece mais portagens do que aquelas já anunciadas (VER TEXTO RELACIONADO).

Em declarações à Lusa, Guadalupe Gonçalves disse ainda que "se hoje fosse 1 de Abril, diria que era uma partida do dia das mentiras".

"Só pode ser brincadeira, no estado actual. Nenhum governo implementou uma política de transportes aceitável, credível e sustentável por forma a que se pudesse implementar portagens no aceso à capital", afirmou.

Para Guadalupe Gonçalves, o novo Governo "está a querer espoliar tudo quanto é cidadão do concelho de Sintra, em particular, e, de uma forma geral, do país para tapar os buracos dos sucessivos governos que nos têm governado nos últimos 30 anos".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG