PJ deteve suspeito que tentou matar homem de 65 anos

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem suspeito do crime de homicídio qualificado na forma tentada que ocorreu há duas semanas na cidade de Torres Novas.

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ informa que "o suspeito atingiu a vítima, de 65 anos de idade, com dezanove golpes de arma branca, sendo que dois deles a atingiram em zona letal".

"As diligências de imediato iniciadas pela Polícia Judiciária, de forma exaustiva, permitiram a recolha de importantes indícios que, além de terem levado à detenção do suspeito, permitiram ainda a apreensão de objetos que o agressor tinha deixado no local do crime", acrescenta o comunicado.

Fonte da PJ adiantou à agência Lusa que a vítima, que se encontrava numa garagem situada nas traseiras de um prédio, foi surpreendida pelo arguido, um homem de 40 anos que tem "antecedentes policiais por consumo e tráfico de estupefacientes e danos em património".

Segundo a mesma fonte, vítima e arguido não têm "nenhuma relação conhecida", apontando um "motivo fútil" como a causa do crime, cometido com recurso a uma "faca ou navalha" que não foi ainda apreendida.

"A vítima, que tem alguns problemas de saúde, defendeu-se e dos golpes que sofreu um atingiu a garganta e outro a zona do coração", revelou este responsável, esclarecendo que o homem já teve alta hospitalar. A fonte da Judiciária esclareceu que o suspeito, que não tem ocupação profissional, mora na zona de Torres Novas.

Foi detido na quarta-feira e deverá ser presente ainda hoje ou na sexta-feira ao juiz de instrução criminal do Tribunal Judicial de Torres Novas para a eventual aplicação de outras medidas de coação.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG